segunda-feira, 10 de abril de 2017

Big Foodie - Tabafeira Casa d'Alheira

Tabafeira - Casa d'Alheira Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Tinham saudades das minhas aventuras por restaurantes desse Portugal fora? Pois bem, as aventuras desta big foodie estão de volta ao blog, mais gulosas do que nunca!

Comecemos pelo nome do restaurante - Casa d'Alheira... Senhores, se me querem convidar para comer alheira é bom que a alheira seja boa, não há nada pior do que provar esta maravilhosa iguaria da minha terra e ficar desiludida.

Portanto a primeira condição para o almoço foi: Estão proibidos de me dar alheira vegetariana! E qualquer outro tipo de invenção (bacalhau é a pior que já alguém se lembrou de fazer). Não me interpretem mal, mas para isso prefiro não a comer.

Mesmo sabendo desta minha veia transmontana e taberneira a Zomato teve a coragem de me convidar para a apresentação da nova carta da Tabafeira. E eu aceitei o convite de bom agrado. Devo desde já dizer que saí satisfeita do restaurante e tenciono voltar para petiscar.

Mas calma, ainda não disse tudo o que interessa... Vamos aos comes!

Para começar uma apetitosa tábua com diferentes petiscos de alheira, desde croquetes a bruschettas e ainda folhadinhos e uns mini cachorrinhos. Podia ter ficado por aqui que já estava satisfeita. Para mim esta tábua foi sem dúvida o ponto alto da refeição!




Mas isto eram só as entradas! De seguida foi-nos servido Alheira à Tabafeira, que confesso que foi um dos pratos que gostei mas achei bastante enjoativo, talvez pela combinação de alheira e queijo parmesão. 


Azedo com batata gratinada, que não é nada mais do que alheira sem colorau e enchida de forma diferente. Confesso que gosto de azedo mas este não me convenceu.


Um dos pratos que gostei bastante foi este folhado de alheira e queijo chèvre com vinho do Porto (claro está que dispensava as batatas fritas).  


 Por último, alheira com batata e ovo cozido a baixa temperatura. Mais uma vez era saboroso mas too much, ovo e batata frita com alheira continua a ser uma autêntica bomba de gordura para mim e acaba por abafar o sabor original da alheira.


No geral foi um bom almoço e os petiscos estão bem pensados. Para um jantar considero uma refeição demasiado pesada mas para petiscar/partilhar, com um copo de vinho tinto maduro (do bom, não o que têm na carta), acho ótimo! 

Continuo a não trocar a típica alheira grelhada na brasa com grelos cozidos, NUNCA, mas gosto da ideia de aproveitar um produto tão tradicional para uns petiscos inovadores. 

Por último fiquem com a sobremesa, tarte com mousse de lima, saborosa e fresquinha ;)





Sem comentários:

Enviar um comentário

Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © Joana Ventura, Na Cozinha de Uma Universitária